subscrever: bloglovin

Entrevista a Grav Grav : ponto cruz em madeira

0 comentários

Entrevista a Grav Grav : ponto cruz em madeira

Grav Grav é uma marca jovem de bolsas de madeira bordadas em ponto cruz. Merve Burma é a criadora destas maravilhas feitas à mão no seu estúdio em Istambul. Reinventa com criações de ponto cruz e mostra que uma geração jovem pode aliar modernidade e tradição. A entrevista para saber mais sobre o seu trabalho.

Entrevista a Grav Grav : ponto cruz em madeira
Quando você começou a bordar ponto cruz?
Eu comecei a bordar ao criar a colecção de bolsas. Já tinha feito alguns testes em tela, mas o resultado não me agradou tanto, quanto  as minhas malas de madeira.

Entrevista a Grav Grav : ponto cruz em madeira
Como deste início à marca?
Eu acho que o início de Grav Grav é um pouco ligado a minha infância. Quando eu era pequena eu gostava de brincar com brinquedos de madeira. Eu própria também fabricava  coisas e brinquedos em madeira. Embora eu tenha estudado teatro na faculdade, sempre amei coisas feitas à mão. Eu pensei sobre como criar produtos com malas de madeira dos anos 70 e se adaptar aos tempos modernos. Foi assim que começou a produção de sacos de madeira em 2011. Minha filosofia em meus projectos é respeitosamente avaliar as maravilhas que a natureza nos dá.

Bordas sob outros suportes?

Sim, mas são trabalhos pessoais.
Entrevista a Grav Grav : ponto cruz em madeira

Tens mais projectos ponto cruz em mente?
Eu estou trabalhando em novos diagramas de ponto cruz para novas bolsas de madeira. Eles estarão disponíveis na minha loja no próximo mês. Quero continuar a trabalhar com madeira e melhorar esta técnica.

Como é o processo de fazer uma bolsa em madeira com ponto cruz?
Tento ligar designs tradicionais e modernos, mas sem romper com as fórmulas
modernas da moda. Na minha opinião, madeira e pele são uma combinação perfeita. Eles estão em harmonia. Gostaria também de recordar o ponto cruz tradição e nostalgia no mundo da moda moderna. Eu só uso gráficos de natureza nas malas. Normalmente levo entre dois e três dias para fazer um saco.

Entrevista a Grav Grav : ponto cruz em madeira
Que tipo de madeira  usas para as tuas malas?

Eu uso carvalho, nogueira e madeira de faia. Eu acho que a textura de cada árvore tem uma história única e encarna a alma da natureza. Estou muito satisfeita com esta magia.

 

 Merve muito obrigada, nós amamos descobrir como as as pessoas jovens estão experimentando novas maneiras de aplicar o ponto-cruz! Você pode ver e comprar as malas em seu site.
P.S: Entrevista feita pelo El Blog de DMC e traduzida para português por mim para publicar aqui como partilha.

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.